Dicas de Manutenção::: Limpeza Automotiva


Boa noite.

Quando chega o momento de vender o carro, uma das diferenças que mais pesam para o comprador é o estado do veículo, principalmente da pintura. Ela não é só uma questão de estética, mas é a responsável pela proteção das chapas da carroceria.

 

O LAVA RÁPIDO

Os melhores são aqueles que não utilizam escovas e sim, água sob (baixa) pressão, pois as escovas geralmente acumulam um pouco de sujeira, que pode arranhar a pintura. Entretanto, a água sob pressão deve ser manuseada com cuidado e o jato d’água não deve ser direcionado para a tomada de ar do motor, para não molhar o filtro de ar.

 

NA HORA DE LAVAR!

 

A lavagem deve ser feita com critério para evitar danos à pintura: com uma mangueira, ou água sob (baixa) pressão, retire a sujeira grossa, principalmente da parte inferior do carro (até a cintura das portas) antes de usar um pano ou esponja; se você não tiver um xampu apropriado, pode usar um sabão neutro (de coco), mas lembre-se de enxaguar bem o veículo, não deixando resíduos que possam produzir manchas sob o sol; uma toalha de papel pode ser usada para secar os vidros, sem alterar a transparência deles; não guarde o carro em uma garagem muito fechada imediatamente após a lavagem, deixe-o um pouco ao ar livre para facilitar a evaporação da água.

 

QUER DAR UM BRILHO? CERA!

 

Para assegurar o brilho original da pintura, alguns fabricantes de veículos aconselham encerar o veículo pelo menos duas vezes ao ano. Ao usar cera polidora, não deixe que ela entre em contato com as superfícies de plástico, pois as manchas são difíceis de serem removidas. Caso isso não aconteça, depois que estiverem secas, utilize uma escova de dentes velha para tirar o esbranquiçado. Lembre também que o polimento não deve ser feito sob sol forte.

 

SEU CARRO ESTA SENDO ATACADO!

 

Para manter a pintura é necessário remover as partículas aparentemente inofensivas, mas que são freqüentemente agressivas, tais como fezes de pássaros, resinas de árvores, insetos mortos, piche de asfalto novo, estrume de animais (vaca, por exemplo) e poluição industrial.

 

AS RODAS

 

Para limpeza das rodas de liga leve, não devem ser usados produtos abrasivos (algumas ceras são), que irão danificar o acabamento superficial. Água e sabão (neutro) são os mais recomendados.

 

NÃO ! AO ÓLEO DE MAMONA!!!

 

Muitos motoristas possuem o hábito de pedir para aplicarem este produto no carro. Ele limpa as partes metálicas mas danifica terrivelmente (ressecando) os componentes de borracha, principalmente da suspensão e os de vedação (portas, capô etc.), danificando-os em pouco tempo.

 

TÁ QUENTE?

 

Não lave o carro depois do mesmo ter ficado parado sob o sol ou com o capô do motor quente: pode ser alterado o brilho da pintura.

 

PINTURA QUEIMADA

 

Pintura fosca, sem brilho e com aparência de ressecada é sinal de que a pintura pode estar queimada. Basicamente são três os fatores que causam a transformação da pintura: agressões externas, como exposição do veículo ao sol durante muito tempo; lavagem do veículo com xampu ou sabão muito forte também podem deixar a pintura queimada; o uso de tíner e/ou solventes de qualidade ruim. A solução é aplicar massa de polir até eliminar o defeito.

 

REPINTURA

 

Ações da natureza e maus tratos podem fazer com que a pintura original apresente alterações na coloração. Isto pode ocasionar mudança de tonalidade na repintura. É natural ter que acertar a tonalidade da cor, mas é importante saber que o modo como se aplica a tinta também influencia a tonalidade da cor.

 

NA PRAIA

 

A salinidade é um dos fatores que mais prejudicam a pintura dos carros. Portanto, ao voltar da praia, peça uma lavagem geral do carro, inclusive por baixo, mas somente com água e sabão neutro sem óleo de mamona.

 

GOTEIRAS

 

Gotas de água que caem de teto de concreto são altamente abrasivas e devem ser retiradas da pintura imediatamente para evitar danos. Jamais deixe seu carro estacionado sob uma delas. Uma dica, se a mancha secou, corte um limão e passe-o em cima. Ajuda a tirar a mancha.

 

ENCHENDO O TANQUE

 

Ao abastecer, caso derrame gasolina (ou álcool) na carroceria, jogue água com sabão neutro para evitar que a pintura fique manchada.

 

É ESPUMA!

 

Não coloque detergente no reservatório do limpador do pára-brisa, pois ele pode manchar a pintura. Use produtos específicos para isso. Seja qual for a cor do seu veículo, tomando esses cuidados ele continuará parecendo 0 km por muito tempo.

 

Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.