Notícia: Uruguai escapa do aumento do IPI


Uruguai escapa do aumento do IPI

Uruguai escapa do aumento do IPI Se o problema das montadoras “nacionais” era com as chinesas e coreanas, o governo brasileiro abriu uma brecha para algumas delas trazerem seus carros sem o aumento do IPI em 30 pontos percentuais. O governo brasileiro entrou em acordo com o Uruguai para que os veículos produzidos no país vizinho sejam liberados do aumento do imposto. Sim, o Uruguai pertence ao Mercosul (aliás, a sede da organização está lá), mas sua indústria automobilística é baseada em carros montados com peças importadas no regime CKD. De lá vem os Lifan 320 e 620 e Chery Tiggo e Face montados com peças chinesas, e o Kia Bongo, com peças coreanas. Estes escapam do aumento do IPI.

Não seria o primeiro compartilhamento de plataformas. De uma forma mais explícita, o grupo PSA produz o Fiat Ducato em parceria com a marca italiana sob o logotipo das marcas francesas. O ASX poderia, inclusive, dar origem a um crossover menor que o 3008. Para uma montadora que irá trazer modelos europeus como a linha DS, um C4 Aircross pode não estar tão distante assim do Brasil…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.