STF suspende aumento do IPI para importados


Boa noite

Acho que a foto mais indicada para publicar esta notícia é a foto abaixo.

Realmente o título é verídico e o aumento que surgiu sem qualquer justificativa para os carros importados por cancelado. A fonte da notícia é o site Noticias Automotivas. Sinceramente sempre desconfiei que este aumento sem qualquer fundamento não teria vida longa.

Por unanimidade o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu nesta quinta-feira (20) o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros importados até o dia 15 de dezembro, 90 dias após a edição do decreto que determinou o aumento da alíquota, feito no dia 16 de setembro.

A ação tem caráter liminar e foi proposta pelo Democratas (DEM) considerando a medida inconstitucional, por conta do “princípio da autoridade nonagesimal”, previsto na Constituição Federal, que estabelece que a variação de alguns impostos só pode entrar em vigor 90 dias após sua publicação. Os ministros do STF concordaram em dar efeito retroativo à suspensão.

A Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores) declarou por meio de nota à imprensa imediatamente após a decisão, que isso alivia as importadoras, e permitirá que elas planejem sua estratégia de importações e controle do estoque.

Enquanto isso, as montadoras instaladas no Brasil contam com o período de até 45 dias após o decreto para apresentar a documentação exigida para provar que seus carros fabricados aqui possuem ao menos 65% de seus componentes fabricados no Mercosul ou México. Até agora 15 empresas já enviaram a documentação. Ao menos seis de 11 etapas de produção devem ser feitas no Brasil, como revisão final e ensaios compatíveis; estampagem; soldagem; tratamento anticorrosivo e pintura, entre outros.

A ideia do governo “forçar” as montadoras a nacionalizarem os seus produtos é totalmente válida, porém mesmo garantindo o aumento da indústria tupiniquim, nacionalizando grande parte dos componentes do carro, não deixaria o carro mais barato.

Prova disso são os carros das grandes montadoras nacionais que acredito terem um percentual de nacionalização bem maior e mesmo assim os preços praticados são as vezes abusivos, discordo totalmente pagar 30mil reais em um carro zero km, sem qualquer item de conforto de série. Eu pagaria de má vontade, porém fui em uma concessionária com uma nota de 40mil reais e eles não tinham troco….

Fico pensando agora, os oportunistas de plantão que anteciparam suas compras de final de ano em carros que teriam o aumento de 30% que agora não serão praticados…. sinceramente eu ficaria muito (puto) bravo. Já imaginou se o carro que eu tivesse comprando tivesse a sua produção parada lá fora? #surtariadevez….

 

Obrigado

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.