Dicas: Comprar um Fusca (1/5)


1 – O TESTE DA POLIA 

Com o motor desligado, ponha o Fusca em ponto morto. Abra a tampa do motor. Você verá uma polia grande e uma pequena, ligadas por um correia. Pegue a polia grande, com as duas mãos e tente (com toda sua força) sacudir a polia para frente e para trás. Se sentir qualquer folga, mesmo pequena, o motor tem problema (custo relativamente caro) de folga no virabrequim.

Ele até poderá rodar um bom tempo assim, mas sua confiabilidade e durabilidade estão em risco. A menos que o carro esteja MUITO barato, não vale a pena. Procure outro.

O teste da Polia indica se o motor precisa de um reparo mais caro, de certa forma é difícil encontrar um Fusca original sem folga na Polia. Normalmente os que não possuem já foram revisados ou refeitos pelos antigos donos.

 

Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.