Dicas para Participar TrackDay


Bom dia

Exceto o tópico que eu escrevo a minha jornada para documentar um carro sem documentos os assuntos, relacionados a Track Day estão na lista do top 5.

Correr com o próprio carro para alguns pode ser uma loucura, para outros uma verdadeira emoção. Salvo o investimento pesado que é preciso realizar no carro o risco de acontecer alguma quebra ou uma dor de cabeça futura são longos.

Eu enxergo o TrackDay como uma droga, no momento ela te trás adrenalina, emoção e muito êxtase. Após a corrida voce sentirá um cansaço intenso e o carro também – poderá – apresentar alguns efeitos colaterais.

Vamos aos efeitos mais comuns após uma corrida de TrackDay:

  • Desgaste dos pneus
  • Desgaste dos freios
  • Necessária a substituição do óleo do motor
  • Necessária a substituição do óleo do cambio
  • Alinhamento
  • Balanceamento
  • Revisão da parte elétrica do carro
  • Desgaste da suspensão

Estes itens são apenas alguns que eu me lembrei agora, mas se começarmos a escrever em uma folha de papel quais itens do carro são estressados na corrida a lista teria no mínimo umas 3 páginas de conteúdo.

Agora que voce leu sobre os desgastes do carro, ainda assim quer saber como participar?

Antes disso vou listar – novamente – a lista dos itens que precisam obrigatoriamente serem trocados/revisados antes de uma corrida:

  • Fluído de freio para no mínimo DOT5.1 (o DOT 5 também serve)
  • Revisão dos pneus, eles precisam estar com 70% de borracha (no mínimo)
  • Substituição dos freios dianteiros e traseiro (sem choro, o carro pode ter 6 meses de uso, precisa trocar).
  • Substituição do óleo do cambio

 

Quanto aos freios eu recomendaria freios frisados e pastilhas EBC, o kit não é um dos mais baratos, mas lembre-se que é para a sua segurança. E também não adianta trocar os freios 2 dias antes da corrida, tem que ser no mínimo 1 semana antes, trocar os freios em cima da hora fará com que você não tenha eficiência na frenagem é sabido que freios novos não são tão eficientes quanto um freio já em uso por alguns dias.

E claro um investimento em performance seria algo no mínimo interessante para ser aplicado no carro, os seguintes itens devem ser considerados na sua cesta de compras:

  • Molas Esportivas
  • Pneus mais largos (dentro dos limites do seu carro)
  • Pneus Slicks (desejável)
  • Coletor de escapamento dimensionado (preferencialmente inox)
  • Remapeamento da Injeção
  • Sprint Booster ou Potent Booster (retira o delay do acelerador eletrônico)

Estes investimentos são mais expressivos, mas ao término dos upgrades você terá um carro mais “divertido” e seguro.

 

Agora vamos ao que interessa….

Para participar existem 3 caminhos

Fácil: Pesquisando no Google o autódromo da sua região e ligando para eles questionando sobre a agenda dos track days ou eventos similares.

Moderado: Você assina o newsletter de cada autódromo e fica antenado sobre os lançamentos das inscrições, se inscreva também na fanpage do autódromo no Facebook.

Difícil: Convide uns 10 ou 15 amigos para correr junto com você e inscreva todos na mesma corrida o bom disso é que conhecendo os outros pilotos o risco de acidentes é mitigado. O problema é encontrar 15 doidos como você (ou eu).

 

Alguns links interessantes:

http://www.ecpa.com.br/novo/

https://www.facebook.com/revistatrackday

http://trackday.oktaneclub.com/

http://www.autodromodeinterlagos.com.br/wp1/

 

Obrigado

Pneu LingLong (XingLing)


Boa noite,

Novamente, depois de alguns meses estou voltando a escrever, desta vez vou escrever um review sobre os pneus Ling Long. A invasão chinesa invadiu a minha vida e desta vez é o novo calçado do meu carro.

Vamos ao pneu….

Ling Long é uma marca extremamente conhecida e desconhecida no mercado automotivo – sim essa frase ficou uma bosta ruim. A marca é conhecida pelos manolos que não gostam de nada original, definitivamente. Sempre que eu vejo um pneu Ling Long eu vejo uma roda réplica no carro.

Réplicas são uma droga para o mercado. A BBS que o diga, quase declarou falência devido a quantidade de réplicas no mercado. As pessoas podem falar que a roda original é cara, mas existem diversos custos envolvidos e são eles:

  • Engenharia
  • Material
  • Patente
  • Impostos

Estes são 4 de inúmeros fatores que fazem um produto final acabado ter um preço acima do que você caro leitor espera pagar por um produto, seja ele um eletrônico, uma peça ou um simples acessório para o carro.

Vamos ao pneu, estava eu animado indo para o interior de SP e simplesmente o pneu (Dunlop 225/45/18r) sofreu uma avaria. Eu já imaginava que este pneu iria me deixar na mão, porque a alguns meses atras eu percebi que o dianteiro do lado do motorista perdia muito mais libras do que os demais. Para se ter uma ideia eu calibro os pneus com 32 libras, normalmente eles perdem 1 libra (no máximo 2) cada vez que eu abasteço (isso quando perdem) e o maldito do pneu dianteiro perdia de 4 a 5 libras toda vez que eu calibrava.

Levei em diversos borracheiros e ninguém descobriu nada no pneu, até pensei em solicitar uma garantia, afinal são 5 anos de garantia e eu NUNCA usufrui de garantia de pneu, toda vez que eu tenho problemas com pneus sempre são causados por “agentes externos” – prego, buraco, parafuso, lava, ácido, meteorito, plutônio, etc.

E toda vez que eu compro pneu com garantia contra tudo (incendio, colisão, guerra nuclear e afins) eu vendo o carro sem nunca usufruir da garantia.

Desta vez eu tive um problema e vou pedir garantia para a Dunlop, mas isso será assunto de outro post. Vamos ao pneu Ling Long e como eu cheguei até ele (ou ele chegou até mim).

O estepe temporário do Lancer é uma roda safada Dunlop aro 15 que não é recomendável passar dos 80km/h quando se está com ela no carro. O Lancer vinha como padrão os pneus Yokohama Japones medias 215/45/18r quando nacionalizaram o carro (em 2014) a Mitsubishi equipou o carro com o Pirelli da mesma medida (nacional e com o memo preço =/) nunca entendi este preço uma vez que o Yokohama custavam mais de R$ 1000,00 a unidade e os Pirelli’s na concessionária custam exatamente isso.

Como não podia enfrentar uma viagem de 600km com o estepe temporário eu decidi correr atrás do primeiro pneu aro 18 disponível na cidade de Presidente Prudente (Oeste Paulista). Para a minha sorte em uma bela tarde ensolarada no sábado encontrei uma loja que já estava fechando que tinha um par de um pneu da mesma medida que os Dunlop que eu tinha.

Quando o dono da loja me disse que tinha o pneu que eu procurava, meus olhos se encheram de alegria e quando ele me falou o preço (R$ 350,00) alinhado, balanceado e com os bicos eu quase tive um orgasmo. Nossa como aquilo me deixou animado. Principalmente porque nos Dunlop a 1 ano atrás eu paguei algo em torno de 600 em cada um deles (montado).

2015-08-23 17.18.51

Quando eu vi o estado do pneu minha alegria veio a ruína, um pneu sujo todo torto como se ele tivesse sido esmagado por uma carreta e de fato ele foi esmagado era um pneu que entrou pelas portas do fundo do Brasil. Eu precisava daquele pneu e aquela pobre pneu precisava de um dono.

Quando eu vi a marca o pneu era Ling Long, no papel o pneu tem a melhor especificação do mercado, ele suporta altas velocidades e tem um bom desenho para qualquer tipo de uso (terra, asfalto e molhado) incrível não? #SQN.

Como um pneu chines poderia ser bom se nenhuma montadora chinesa no Brasil usa essa merda? Os Coreanos usam os pneus do seu país, os chineses usam Pirelli, GoodYear , etc… nunca vi um carro chines com pneus chineses.

Bom que seja… a ocasião faz o ladrão, acabei comprando o pneu porque eu precisava de um pneu aro 18 para voltar para a minha terra e escrever este post para voces.

Depois de uns 20 minutos calibrando o pneu ele tomou corpo de pneu, antes era a bola quadrada do Quico, agora ele era redondo, pelo menos não estava oval. Mas parecia um pneu e tomou forma como se fosse um pneu de verdade. Eu vi o Pinochio tomando vida na minha frente.

gde_0762c590dbc6ff4aec0865448fe42323

O que falar do pneu? dirigi 550km de estrada seca em condições favoráveis. O pneu aparentemente teve um bom comportamento, ele tem um ruído superior, eu não tenho equipamentos de medição sonora ( o celular não vale) mas eu percebi que o ruído interno aumentou. Para mim isso não é muito problema porque eu sempre ligo o rádio na estrada e também o escapamento esportivo ronca mais do que qualquer ruído de pneu.

Agora vem o problema, hoje um dia típico paulistano, muita chuva e transito. Depois de um longo período sem chuvas na cidade a cidade estava imunda, o asfalto está com uma combinação quase mortal: Terra e óleo. Hoje ao freiar o carro com vontade em 2 momentos o ABS foi acionado. PQP acionamento do ABS na cidade? me senti o rei das barbeiragens, mas depois eu me lembrei o que eu tinha de diferente no carro, e eram aqueles LingLong.

Minha vontade quando comprei o pneu seria comprar logo um jogo extra para usar em Track Day’s, mas depois de hoje vi que esse tipo de pneu é bom para quem não faz bom uso do carro e quem gosta de se arriscar comprando um produto somente pela aparencia.

Sinceramente não recomendo este pneu para ninguém, testei ele na estrada e é perceptível a diferença na velocidade. Não é um pneu para uso militar, ainda prefiro pneus nacionais mais simples do que um pneu que promete (base as especificações) ser superior aos concorrentes.

 

E como estes pneus chegam no Brasil?

http://www.visaopopular.net.br/policia-militar-apreende-em-sidrolandia-contrabando-de-52-pneus-oriundos-do-paraguai/

Obrigado