Dúvida: Carro sem Documento


Dúvida de um colega, que está prestes a adquirir um automóvel sem documentos.

Como vai a saga?
Deixe-me partilhar contigo uma questão: estou prestes a comprar um caro de 1989 que NUNCA teve documentos; tem alguma ideia de por onde eu posso começar?
Abraços,
Hélio

 

Hélio, boa noite.
Obrigado por acompanhar, eu sinceramente fiquei meio desanimado tamanha a burocracia para tentar fazer as coisas do jeito certo. De um modo geral nada evoluiu da forma que eu esperava, mas vou escrever novamente a respeito desse item em breve.

Se o carro nunca foi documentado então significa que ele não tem placa, sem placa quer dizer que ele foi vendido na época e foi largado em uma fazenda (por exemplo) comum nos anos 80.

Se o carro nunca teve documentos ele não terá RENAVAM, até mesmo porque este número é gerado no momento do processo de emplacamento. Com o número de chassis em mão, você pode me passar para eu pesquisar para você um histórico do veículo (me passa por e-mail, andre@andrecerberus.com.br) e eu vejo se realmente esse carro nunca teve cadastro no Denatran.

Se ele não tiver um registro pode ser 2 coisas…
1) Chassi alterado (má fé do antigo dono) ou
2) realmente ele nunca teve cadastro.
Para se ter certeza, ligue para o SAC da montadora e peça a segunda via da NF ou qualquer informação relevante do veículo, ligue perguntando se a cor original do carro quando saiu de fábrica é a mesma ou se o motor que equipa o seu carro confere com a numeração do chassi.

Se o carro estiver tudo OK (motor e chassis) é preciso verificar se ele não possui uma alienação fiduciária (falta de pagamento ou falta de baixa do gravame – liberação para o emplacamento). Antigamente quando se financiava um carro ou participava de um consórcio a liberação do veículo era feito de forma manual, você tinha que ligar para o banco para liberar o documento (hoje é automático).

Se o carro não tiver qualquer restrição basta ir em um despachante e documentar o carro.

Normalmente carros nestas situações são perigosos, pode ser que tenha restrições inclusive judiciais e isso pode ser virar uma tremenda dor de cabeça, o carro pode ter sido roubado na época e sido escondido. Pode ter inúmeras irregularidades com o carro.

Lembre-se que carro nunca foi um bem barato no Brasil, se fosse uma moto 89 é mais fácil de acreditar que ela nunca teve documentos, mesmo porque moto é algo menos expressivo no bolso, agora carro é complicado…

Antes de mais nada é preciso tentar extrair o máximo de informações antes da compra, algumas informações são públicas, tente consultar o carro nos sites abaixo:

http://www.roubadosbr.com.br/show_carros.php

 

Algo para se preocupar antes de pensar em comprar um carro nestas condições

Art. 180 – Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte:
Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa.
Diante disso, qual carro é?
Abraços
Anúncios

Carro do Leitor: Chevrolet Corsa


Boa noite,

Recebo com uma certa frequência algumas fotos de projetos automotivos, alguns em especial eu publico aqui no Blog como o Chevette, Clio e agora o Corsa do meu amigo Elmo.

A grande maioria dos projetos, seus respectivos donos acabam optando em alterar a estética do carro com itens e acessórios internos/externos. Poucos são aqueles que modificam a mecânica do carro para aumento de potência (Supercharger, Turbo ou Upgrade Mecânico).

No caso deste maravilhoso Corsa o recebeu um excelente motor 2.0 originário do Vectra/Kadett, este motor possui dimensões perfeitas para o cofre do Corsa, com poucas adaptações é possível fazer o mesmo. Acredito que o mais difícil neste caso seria a adaptação elétrica do carro, o câmbio pode ser um especial ou original dos Chevrolet 2.0

E se eu contasse que além do novo conjunto mecânico o carro recebeu uma turbina Biagio.50/.48 ? Ignorância pura para o pequeno Wind… que aliás em inglês significa vento, mas no caso do Elmo o carro está mais para um Tornado.

corsa_branco

Além da alteração mecânica do carro, suspensão foi perfeitamente trabalhada e um novo jogo de rodas esportivas que eu acabei esquecendo de perguntar, mas aparentemente é um jogo aro 16″ com pneus baixos 40 ou 45 de altura.

Um Body Kit no estilo Bad Boy foi montado no carro e os retrovisores foram trocados pelo conjunto que eu conheço como M3. Tanta potência está unida com bastante segurança, Barra estabilizadora, Freios do Vectra 16v fazem parte do conjunto.

Espero que em breve o Freio Traseito do Kadett/Vectra A seja adaptado para ancorar esse excelente exemplar.

Parabéns Elmo, este carro deve com certeza dar muita alegria em seus passeios.

100_2557 100_2599

O carro do Elmo está extremamente organizado, o cofre do motor está limpo e organizado, nenhum vazamento de óleo, o kit está tão bem montado que parece um kit original para Corsa.
482597_438312629587974_1850752454_n

O exemplar recebeu suspensão especial JJ e visualmente falando as rodas dão uma harmonia a todo o conjunto.

100_2600

Mais uma foto do motor turbinado, sendo o proprietário uma injeção da Fueltech RacePro realiza todo o controle da injeção.

Para quem gostaria de conferir a potência do carro, assista o vídeo abaixo.

Obrigado

Carro do Leitor: Renault Clio


Boa noite!

A algumas semanas recebi do nosso leitor e amigo Daniel as fotos do seu carro, trata-se de um excelente exemplar de um Renault Clio, particularmente o Clio é um carro que me agrada bastante, não só pelo fato dele ser um carro com um preço acessível, mas pelo fato dele ser um carro com design mundial é possível encontrar diversos acessórios importados que darão uma cara mais agressiva ao popular modelo francês.

Uma das tristezas que temos aqui no mercado nacional é que a Renault não produziu ou importou qualquer versão V6 do modelo, este por sua vez é encontrado no mercado Europeu. Mas as versões 1.0 e 1.6 do modelo nacional não deixam a desejar em nada para os carros que por aqui circulam.

 

O carro está completo, personalização discreta e de muito bom gosto, o jogo faróis de led dão a agressividade que o carro precisa na medida certa, além disso, escape, rodas TWS e faróis de milha completam o conjunto da obra.

 

Obrigado Daniel.

 

Envie fotos do seu carro para andre_cerberus@hotmail.com

Carro do Leitor: Chevrolet Chevette 77


Boa noite,

A algum tempo que eu estou devendo um tópico dedicado ao meu amigo Clauder de MS. Ele é um feliz proprietário de um Chevette 77, lembrando que em 1974 o Chevette levou o prêmio da revista AutoEsporte como o Carro do Ano. O Chevette é um dos poucos exemplares nacionais com tração traseira (Fusca e Opala são outros 2 exemplos), equipado com um motor 1.4 de 69 cavalos, porta malas de 150l e tanque de gasolina de 45l o Chevette foi sucesso na época pela sua economia de combustível e boa potência. O Brasil estava na crise do petróleo, carros com motores muito grandes estavam com suas respectivas datas de cut-off já assinadas…. algumas soluções foram criar carros menores com motores mais ajustados, visando principalmente economia de combustível.

Após 10 meses de muito trabalho e dedicação Clauder compartilhou com a gente algumas fotos de seu Chevy, recém reformado, com nova cor, tapeçaria, motor, câmbio, suspensão, pneus e rodas novas.

O tempo utilizado para praticamente refazer o carro foi curto levando em consideração a média, normalmente são gastos 2 anos para reformar um carro com mais de 30 anos, a facilidade veio através da internet, segundo Clauder uma parte dos componentes que seu carro utiliza foi comprada através de e-commerces ou contatos diretos através de sites relacionados.

Acredito que fazer a funilaria não tenha sido a parte mais difícil, segundo o dono o carro nunca foi batido, normalmente carros que são lisos de lata são fáceis de pintar. A dificuldade normalmente para se trabalhar com carros como Chevette, Fusca, Opala, Maverick é a mecânica e a elétrica.

Normalmente a elétrica deve ser toda refeita e isso exige muita prática, dedicação e conhecimento de quem está refazendo, caso contrário na primeira oportunidade um curto poderá levar todo o trabalho por água abaixo.

Foto do motor

A mecânica, normalmente bem cansada em carros neste ano, teve que ser totalmente refeita, como é possível ver pelas fotos, Clauber teve um grande trabalho para acertar o motor e deixar ele o mais funcional possível, mecânicos que trabalhem com mecânica carburada normalmente fazem a opção de converter para injeção eletrônica ou substituir o motor antigo por um mais novo, no caso do meu amigo a mecânica original do carro foi mantida e de quebra o câmbio do carro também foi ajustado para suportar mais alguns anos de atividade.

Foto interna do carro no momento da compra

Abaixo algumas fotos que demonstram o que muita dedicação pode fazer.

Resultado Final