Painel Lancer Ralliart


Bom dia

Graças aos amigos do Mitsufans tive coragem de desmontar o painel original do Lancer CVT para instalar o painel do Ralliart (não estava procurando muito, mas quando achei não perdi a oportunidade de comprar).

Desmontar o painel e instalar um novo não é tão complicado como parece, tive receio na hora de retirar as peças que são puxadas, porque tenho um péssimo histórico de quebrar as presilhas deste tipo de peça. Mas entre mortos e feridos salvaram-se todos.

 

A principal diferença deste painel para as versões MT e CVT é a coloração e a velocidade máxima que exibe até 260km/h contra 240km/h das versões anteriores. Existe uma diferença no grafismo quando comparado com a versão GT da família Lancer.

Todas as funções do carro funcionaram perfeitamente. Entretanto a KM do carro foi “alterada” para a KM do painel. Mas é possível resgatar a KM original do carro porque esta fica armazenada na central do veículo. Mas existe um custo para este serviço e a rede de concessionárias da marca não faz este tipo de serviço também… Somente em empresas especializadas em painel.

Obrigado

Anúncios

Freios Fremax


Bom dia

Depois de participar de 1 track day com os freios originais, senti uma enorme necessidade de realizar um upgrade no conjunto, a começar pelos freios dianteiros que são sempre os mais exigidos.

Hoje no mercado existem diversas marcas de freios conceituadas, cada uma com a sua especialidade, para freios especiais decidi utilizar a marca Fremax que é a mesma marca utilizada pela Stock Car, claro que não optei pelos freios da Stock, mas só pelo fato da marca fornecer os freios para esta competição já quer dizer muita coisa.

Assim como os motores da Fórmula Indy são Honda já dá para ter uma ideia da tecnologia utilizada nas pistas e nos carros de rua. Os freios Fremax são nacionais, isso não é ruim, eu até gosto de produtos nacionais porque possuem um custo mais baixo e geram empregos em diversos segmentos.

FreiosFremaxEBC

Além disso não vou mandar importar um disco de freio e esperar alguns meses e ainda terei o risco de ser tarifado em um imposto abusivo, as pastilhas até concordo, pelo peso e tamanho dá para arriscar uma importação direta, mas os discos, mesmos os de alta performance que são mais leves que os tradicionais, ainda estes são pesados.

Os discos foram trabalhados pelo Peixoto Freios (em São Bernardo do Campo) e as pastilhas são EBC modelo Yellow que garantem excelente performance nas pistas e durabilidade na rua.

Gostei muito do resultado, frenagens precisas, pode pisar forte no disco mesmo na chuva que ele não empena, as pastilhas são ótimas resultado pelo menos 40% superior ao kit original.

 

Avaliação Filtro de Ar K&N


Boa noite,

A alguns meses eu adquiri pelo Ebay um kit de filtro de filtro de ar esportivo para o Lancer.

A instalação é simples, sobram algumas peças, porque o kit serve para diversos modelos de Lancer (AT, MT, Turbo, etc) vendidos nos mais diversos lugares do mundo.

O Lancer possui abafadores bem grandes logo o ronco dele originalmente falando é bem baixo (eu não fiz um vídeo antes).

O ronco do carro ficou bastante agradável, na verdade, algumas vezes acho bem estranho porque o carro é automático (CVT) e pouco se sente as trocas de marcha.

Avaliação do produto

Custos

  • Preço: US$ 200,00
  • Imposto: R$ 160,00
  • Instalação: R$ 0,00

Facilidade na instalação

Muito fácil, embora necessite de diversos tipos de chave para desmontar, o processo de montagem é bastante simples.

O Tutorial que vem no produto é simples, objetivo e totalmente ilustrado, não foi necessário abrir nenhum vídeo do youtube para instalar o filtro.

Desempenho

Senti pouca diferença, o fabricante garante 6,5hp de potência, não sei se o ganho é tão grande, senti que o carro teve ganho, mas nada surpreendente.

Uma das vantagens está na manutenção, não existe necessidade de troca, apenas uma limpeza a cada 50mil km.

De um modo geral, acredito que o filtro cumpre bem o que promete, depois de 10mil km com ele instalado, as condições físicas do filtro permanecem inalteradas, ou seja, parece que instalei ontem a cada dia que olho o cofre do motor.

Vídeo do Ronco do Carro

 

Obrigado

Dia 05 – Mitsubishi Lancer CVT (Câmbio)


Boa noite,

Como nem tudo são flores na vida de quem tem um Lancer este post resolvi avaliar o câmbio CVT.

O Câmbio CVT não é famoso por esportividade, torna o carro manso demais na cidade e agradável na estrada por não ter as trocas de marchas de forma agressiva.

O problema que temos para os Lancers até 2012 é a retirada do kit de tropicalização do câmbio o famoso Cooler (Radiador de Óleo do CVT) foi retirado nos primeiros lotes do Japão para o Brasil (Economia porca).

 

Tá mas qual é o problema?

Para quem anda exclusivamente na cidade respeitando a velocidade padrão ou acelerando um pouco mais acima do limite, nenhum problema.

Agora para quem pisa forte (de verdade) o câmbio será submetido a uma temperatura que normalmente ele não conseguirá resfriar sozinho, o óleo do câmbio irá afinar e sua função de lubrificar todo o conjunto será quase anulada, fazendo ele “apitar” exatamente como uma ambulância.

Se você encostar o carro por uns 10min ele voltará ao normal, mas lembre-se que para essas unidades você estará limitando a diversão na condução do carro pela ausência do Cooler.

 

Como resolver?

Para todas as unidades a Mitsubishi realiza a instalação gratuita em garantia.

 

Por que?

O custo de um Cãmbio desse trocado em garantia ultrapassa 20mil reais. A instalação custa em média 4mil para a montadora, o que faz isso ser um excelente investimento para ambas as partes.

Como saber se o carro tem? Simples, basta olhar atrás do farol de milha do lado do motorista, se não ver nada, já sabe….

 

DSC01662

 

Mas isso é para casos extremos, embora eu já tenha pedido o Cooler para este Lancer, realizo diversas viagens ao longo do mês e nunca tive problemas andando no limite na rodovia (até 10% a mais algumas vezes) e nada até hoje.

Obrigado

Dia 04 – Mitsubishi Lancer CVT


Boa noite,

Dia de viagem com o Lancer CVT 2.0 (160cv), na cidade o carro oferece muito conforto devido a suavidade na troca totalmente imperceptível de marchas realizado pelo câmbio CVT.

São poucos os carros que você vê na rua, o Lancer é um carro que possui atributos diferentes do que os carros da concorrência.

Bem mas vamos a avaliação do carro, o carro não teve a sua suspensão muito bem ajustada para o território Brasileiro, na verdade pode até ter sido ajustada, mas as rodas rodas 18″ fazem com que ele perca um pouco do conforto quando comparado com qualquer outro carro da categoria.

Um dos pontos favoráveis do carro são os freios do carro, são de excelente qualidade, conseguem parar o carro de forma muito segura independente da velocidade. O sistema de ABS funciona muito bem, na verdade, faz bem o arroz com feijão que é garantir a segurança dos ocupantes do carro.

Vida a bordo do carro

DCF compatable JPEG Img

O Lancer CVT possui um acabamento simples, não possui Teto Solar, Central Multimídia e Bluetooth (ambos são para a versão GT em diante). A versão GT conta ainda com 8 air-bags de série.

O ar condicionado não possui display digital (para nenhuma versão) mas sinceramente acho que isso não faz falta, os comandos do ar condicionado são bem acabados e simples de serem regulados. O ar condicionado não são 2 zonas ou seja a temperatura é a mesma para todos os ocupantes e diferente de outros carros da categoria não existem saídas de ar condicionado para os ocupantes do banco de trás.

Esses mimos fazem com que o Lancer seja o carro ideal para jovens solteiros ou casais sem filhos ou filhos pequenos. Seu design embora antigo (2007) ainda surpreende aqui em território nacional.

O volante tem todos os comandos básicos para utilização do carro, o que eu senti falta na verdade é que os comandos de passagem de estação de rádio no voltante não passam pelas rádios programadas, o botão passa para uma próxima rádio que ele encontrar o que torna a utilização dele quase nula, porque normalmente navegamos entre as rádios memorizadas.

As funções do Piloto Automático são bem fáceis de serem manipuladas, assim como eu fiz um vídeo explicativo com o C4 eu pretendo fazer com o Lancer em breve.

Obrigado

 

Dia 03 – Mitsubishi Lancer CVT


Boa tarde

 

Me falaram que o perfil de quem compra um Lancer é uma pessoa mais nova, principalmente porque ele possui um design mais esportivo quando comparado com os concorrentes. Concordo e o Lancer é um prato cheio para quem gosta de “mudar” algumas coisas no carro.

Isso acontece porque temos 2 versões bem divertidas no carro Ralliart (Não disponível na versão Sedan no Brasil) e o mito Evolution X.

DSC_0165

As alterações mais comuns são Capô, Farol, Rodas, Suspensão e Aerofólio…. essa brincadeira toda sai caro, ainda mais para quem usa itens OEM (originais).

DSC_0206

 

Sinceramente os faróis dão um ar ainda mais invocado para o carro.

Ambos (Ralliart e Evo) são recheados de equipamentos que vão desde turbina, suspensão diferenciada, aerofólio e outros itens igualmente fodásticos. Estas versões mais apimentadas do Lancer fazem com que seus proprietários das versões MT, CVT, GT e GT AWD busquem por melhorias estéticas ou até mesmo de performance.

As alterações vão desde remapeamento de injeção, remap de câmbio, coletor de escapamento e nos casos mais extremos um Kit Turbo. Infelizmente existem poucos casos no Brasil de mudanças tão radicais no carro, eu ainda acho, que o principal motivo disso é o que as versões de entrada do Lancer é equipada com câmbio CVT (quando não manual), este câmbio não é muito famoso por preparadores, ele trabalha de uma forma bem diferente do tradicional câmbio automático. Na verdade a proposta do CVT é ser mais econômico que os carros AT convencionais e também mais econômico do que os carros MT.

A Subaru mostrou o contrário e turbinou o CVT a versão mais apimentada do Forester é turbo,o Subaru tem 260cv contra 160cv do motor original do Lancer, só um comparativo de padaria, o Forester aspirado possui 150cv (-10cv do que o Lancer) e a versão turbo conta com 110cv a mais de potência, o câmbio é exatamente o mesmo, tirando outros itens a mecânica aparentemente é a mesma (fonte: site Subaru)

 

Como eu não poderia ficar fora da estatísticas, consegui (com muita sorte) um Aerofólio OEM do Evo sucateado.

2014-04-26 14.27.10

A peça era azul, muito bonito, feita a funilaria (tava arranhado – transporte) e pintura (preto original da Mitsubishi), a furação é tranquila porque na tampa do porta-malas existem todas as marcações.

2014-03-31 07.51.46

 

Obrigado

Dia 02: Mitsubishi Lancer CVT


Bom dia
Dia de Compra.

Aproveitando que estamos com um Sedan, vamos avaliar o tamanho do porta malas. No mercado para comprar “alguns” itens para churrasco, bebidas, carne, carvão, etc…

 

2014-04-23 22.02.12

O porta malas possui amortecedores para fechar e isso é excelente, não existe o famoso “pescoço de ganso” no carro que esmaga as suas compras ou malas. Com os amortecedores você pode literalmente “forrar” o porta malas com mercadorias, o tamanho dele de 413l são muito bem utilizados.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

A primeira impressão é que ele possui um porta malas pequeno, até parece….

No momento ouvindo um black music (Real Big – Mannie Fresh)

O Civic possui 449l, como sou solteiro esse tipo de avaliação não será de grande ajuda para quem busca um carro começando pelo porta-malas. Sinceramente acho que o tamanho é adequado para a proposta do carro. Quem busca porta-malas normalmente busca um carro mais família como o Grand Siena (520l), o Corolla (novo) tem 420l.

Dentro dos seus principais concorrentes o Lancer está dentro da média e ainda conta com os amortecedores traseiros que fazem com que você aproveite ainda mais o espaço.

Na foto do porta malas cheio, tinham 11 pacotes de cerveja (lata), 6 garrafas de 2.5l de refrigerante, 2 carvões, 20kg de carne e outras coisas pequenas. No carro estavam 3 ocupantes (incluindo o motorista) e a suspensão não desceu, não raspou em lombadas, ou seja, minha opinião é que o carro não perdeu conforto com carga – quase máxima.

 

Obrigado