Restauração de Carros


Boa noite,

Olhei para a garagem da minha casa e comecei a reparar no Fusca que está sempre ali no cantinho, protegido do sol e da chuva e coberto por uma capa para não deixar os olhares curiosos ofuscarem o brilho da pintura.

A Volkswagen fez uma grande homenagem ao clássico Fusca, batizando o New Beatle de Fusca no Brasil, sinceramente falando acho que foi uma das melhores jogadas de marketing da industria automobilística dos últimos anos. O Fusca é um carro que foi e deixou saudades, ele voltou em 94 como Itamar, mas mesmo assim o carro não tinha o mesmo encanto.

vw-fuscas-1973-x-2013-1355254368440_956x500

O Fusca apresentado no salão do automóvel, que basicamente é um New Beatle muito mais invocado, possui o teto ligeiramente rebaixado e é cheio de curvas que realmente lembram – bem pouco – o clássico alemão que encontramos até hoje rodando em nossas ruas.

Lembre-se que o barato sempre sairá caro, se você encontrou um tapeceiro que ofereceu 2 orçamentos para você e existe uma discrepância muito grande entre os valores, procure outro tapeceiro. Tapeceiro que se preze só trabalha com produto de primeira linha.

Certa vez fui em um tapeceiro que me ofereceu um orçamento de 1mil reais para fazer a recuperação do bancos e uma limpeza do teto do carro (que exige um certo trabalho) e outro orçamento que segundo ele próprio era tão bom quanto o primeiro só que com um valor de R$ 300,00 completo.

Pensei comigo que aquela porcaria de R$ 300,00 não iria durar 1 ano e que eu teria que refazer o serviço posteriormente, o ideal para restaurar carros é sempre utilizar materiais de primeira linha, é certo que poucas pessoas tem o poder de reconhecer um material bom apenas com o visual e o tatear sobre o mesmo, mas na grande maioria dos casos existe a indicação do produto/serviço.

O mais legal é poder ver e sentir um carro renovado, restaurado, dar uma segunda chance para um carro é uma sensação ímpar. Nada paga aquela partidinha falha todo domingo de manhã que eu dou no Fusca, aquela sensação de missão cumprida em sentir o motor acelerar depois de 2 ou 3 tentativas.

Por onde começar?

  1. Independente do carro que você queira restaurar, seja ele um carro comum como o Fusca ou algo mais elaborado como o Maverick, Opala, Mustang, que são carros ricos em detalhes e com exceção do Opala possui peças de acabamento bem difíceis de serem encontradas, siga esta receita de bolo que espero que sirva para você.3D Character and Question Mark
  2. Escolha um carro que esteja alinhado, pegar um carro batido é a pior cagada coisa que se pode fazer, dependendo da batida do carro a estrutura do mesmo foi afetada de uma forma que nem no ciborgue o carro voltaria a ser alinhado. Melhor ser um carro muito raro e estar com a documentação em dia para você pensar em restaurar um carro nestas condições.
  3. Podres estarão espalhados por todo o carro, faz parte do negócio comprar um carro com portas, laterias e podres e/ou com pontos de ferrugem, mas existe um lugar que você deverá evitar o máximo – o assoalho –  esta parte do carro inviabiliza muito a restauração porque dependendo da quantidade de ferrugem/podre no assoalho a estrutura do carro pode ter sido afetada.
  4. Escolha um carro que tenha no mínimo a documentação no nome do atual proprietário, mesmo que esteja anos atrasado. Evite dupla ou tripla transferência porque na grande maioria dos casos o processo é tão demorado que você nunca conseguirá ter o carro no seu nome. Seria como morar em uma casa bonita, mas alugada – nunca será sua.
  5. Tenha bons contatos, mesmo que você não tenha o carro ainda, faça um ensaio, pesquise por peças do modelo que você deseja como faróis, volante, rádio, botões diversos. A dificuldade me encontrar as peças/acessórios no ensaio, será uma boa métrica do  tão fundo é o buraco que você está se enfiando.
  6. Tenha um bom lugar para guardar o carro, largar ele na rua não é bom negócio, faria a estrutura do carro piorar ainda mais. Quando comprar o carro, se aperte um pouco nas dívidas e dê um banho de tinta para evitar que a ferrugem aumente na sua mão. Se o carro estiver em bom estado passe uma massa para polir número 2 para preservar e proteger o que ainda resta da pintura.
  7. Ao comprar um carro que aparenta estar em bom estado, passe um pano com um imã grande enrolado por todo o carro. Onde o imã não grudar é porque tem massa. E onde tem massa na lataria foi serviço porco ou serviço rápido. Restauração decente é feita na lata, o tradicional serviço de funilaria. Você quer um carro para a vida toda não é? Quanto custo o seu sonho para ele se desmanchar em poucos anos?
  8. Pneus, rodas, motor e câmbio com problema são consequência, estes itens são relativamente fáceis de serem arrumados. Dê preferência para os itens do painel, os bancos também são fáceis, existem ainda bons tapeceiros que conseguem estruturas de bancos originais e tecidos que beiram a réplica perfeita.
  9. A elétrica do carro nunca estará boa, você terá que refazer tudo de qualquer forma, lembre-se que o seu carro terá algo em torno de 30 anos e pode ter passado na mão de vários e vários donos.
  10. Compre uma capa para proteger o seu carro e toda semana faça uma vistoria nele. Encontrei uma vez um Chevette que seria de mansão de baratas no forro, isso não seria legal, depois de restaurado é pouco provável mas antes do serviço o cheiro de carro velho e  sujeira interna são bem comuns.
  11. Faça uma limpeza detalhada, conheça o seu carro, quando eu fiz isso no meu encontrei um jornal de 1997 com anúncios de uma Fiorino 0km, rendeu alguns risos, depois que eu vi o preço do Bombril e Shampoo vi que o Brasil era um país bem diferente de hoje.

Escolha o carro que lhe agrade, quanto mais difícil mais prazeroso será o processo. Fiquei puto algumas vezes por preços abusivos de algumas peças. O mais importante é nunca falar para a loja que você está restaurando, isso remete coleção e coleção de carros é algo de “gente rico” nos olhos dos lojistas. Apenas diga que você quer manter a originalidade.

Tire fotos e sempre ande com elas, as vezes o “original” da loja é diferente do “original” do seu carro e sempre registre cada momento, seja filmando ou fotografando, o resultado é surpreendente.

Vejam o vídeo abaixo do Impala 67, excelente exemplo de dedicação e esforço.

Obrigado

Anúncios

Restauração do Fusca 1974


Boa noite,

Após alguns meses de acompanhamento no processo de restauração do Fusca, finalmente o mesmo está completo (parte externa).

Pequenos detalhes já se encontram instalados no carro, faltando somente terminar de montar.

Vejam as fotos na nossa página do Facebook

http://www.facebook.com/pages/AndreCerberus/125878744190552

Obrigado

Restauração do Fusca 1974


Boa noite,

Restaurar carros não é uma atividade fácil, normalmente se leva tempo, dinheiro, paciência e coragem para decidir restaurar um carro. Pior ainda quando você começa acompanhar o serviço do carro. Falo isso porque estou restaurando um Fusca 1974 – Vermelho e a cada vez que eu vou na oficina ver o carro ou recebo fotos de como está o processo eu receio que ele volte pior do que ele foi.

As vezes eu acho melhor não ver o processo de “cabo a rabo” receber o carro no estágio final pode ser mais saudável para o coração, principalmente para quem gosta muito do carro ou aprendeu a gostar dele com o tempo, vejo as fotos e meus amigos pensam… “que por*** é essa que ele está fazendo?” e eu respondo: “Que merd*** que eu to fazendo?”…. em ambos os cenários o pessimismo está presente e a cada dia que passa o prazo para entrega do carro está chegando cada vez mais no target.

O funileiro por sua vez, está tranquilo na vibe dele, suave na nave, como diria alguns, olha para o carro e fala que está ficando uma obra de arte. Para mim eu vejo com o olhar mais crítico possível, um monte de jornal e respingos de tinta pela parede e partes do carro, a situação é desesperadora, para quem passou por isso sabe bem o que eu estou falando.

Vou compartilhar da minha emoção em ver um processo de restauração completo na lata, sem qualquer ponto de massa na lataria e mantendo o máximo possível de conservação do carro, o processo de pintura do carro é algo muito artesanal, requer paciência e dedicação do pintor, a cada vez que eu olho para o carro eu vejo uma grande evolução. Vou postar algumas fotos do processo e espero que gostem do trabalho.

O resultado final será gratificante (assim espero e esperamos), estou apenas no começo, após a pintura do carro ainda tem a parte elétrica, mecânica e tapeçaria do carro.

Estou buscando por recomendações para estes serviços e gostaria muito que os participantes enviassem suas sugestões de empresas. Infelizmente entrei em contato com algumas que deixaram bem claro que não trabalhavam com Fusca, porque é um carro barato…. sinceramente senti na pele o que é ser discriminado por andar de Fusca, o meu ficará bonito, chamará a atenção nos domingos de manhã na Av. Paulista (quando sol).

Vamos aguardar, o processo está apenas no começo, vou listar abaixo algumas dicas de como restaurar um carro:

1) Goste do carro: Restaurar um carro é algo que exige tempo e paciência, encontrar as peças do mesmo ano, marca, modelo e versão levará tempo… em alguns casos muito tempo, para carros importados, é bom reforçar o contato com amigos importadores, porque fatalmente faltará um farol ou item de acabamento interno que se encontra aos montes no Ebay e no Brasil custam R$ 600 ~ R$ 700.

2) Selecione bem o Funileiro/Pintor, evite acabamentos grosseiros feitos com massa para carros, esse tipo de técnica a médio prazo pode tornar o carro torto ou com desníveis na lataria a massa não dura o tempo que achamos que deveria durar e você fatalmente terá um re-trabalho na funilaria depois de alguns anos.

3) Coloque na balança, se você decidiu restaurar um carro o custo para equipar ele é praticamente o mesmo, se você tem um Gol Quadrado 1.0 e quer transformar ele no GTI 1.8 ou 2.0 com os bancos recaro é totalmente diferente de você pegar o mesmo carro e comprar tudo da época, o que deixará o carro bem mais simples e provavelmente menos emocionante. Um farol para Fusca original Cibié custa em média R$ 300,00 cada lado (farol completo) enquanto um paralelo mais novo custa R$ 90,00.

4) O processo é realmente lento, para obter a placa preta (carro de coleção) é necessária uma vistoria rígida. Não se compra a placa, despachante e nem clubes credenciados vendem, pode existir alguma mutreta para a placa preta, mas sinceramente não dou a mínima, a minha será conquistada, com muita história para contar. Já vi que será difícil encontrar pneus com câmara para Fusca, hoje em dia este tipo de pneu é encontrado somente por encomenda e demora….. além disso para passar pela vistoria precisa ser filiado a algum clube de antigomodelismo e para entrar existe uma taxa anual (relativamente salgada).

Bom chega de textos e vamos ao que interessa…. o processo em si de restauração.

Existem diversos carros esperando por uma boa restauração ou Hot Rod, vou postar 2 vídeos que dói o coração dos mais apaixonados por carros.

E a parte II do vídeo

Obrigado

5 dicas restauração de carros


Boa tarde,

Dicas para restauração de um antigo

  1. Analise o veículo antes da compra e veja se a carroceria está em ordem. O que vale mais em um carro antigo é se a sua estrutura ainda está intacta, sem corrosões. Em caso de dúvida, utilize um imã para se certificar que o carro não possui correções com massa;
  2. Observe também se o chassi está em ordem, já que se estiver mal alinhado a recuperação é quase impossível porque compromete a segurança de quem dirige;
  3. Com o auxílio de uma lanterna, observe internamente todos os cantos, embaixo do carpete se isso for possível, para ver se internamente também não há pontos de ferrugem;
  4. Se possível eleve o veículo e olhe o fundo em busca de outros danos não só de lataria como de mecânica, por isso nesta etapa seria importante a presença do mecânico;
  5. Acompanhe de perto todo o processo de restauração porque, além de motivador, pode evitar surpresas no final.

Fonte: http://www.bemsimples.com/br

Obrigado

Restauração de Carros


Boa noite,

Recentemente adquiri um grande ícone da indústria automotiva… Um Fusca. Obviamente como todo bom Fusca, ele precisa de reparos na pintura, lataria, tapeçaria e mecânica. Procurando pela internet por oficinas especializas em restauração de carros, descobri que é um mercado carente de profissionais.

Algumas empresas realizam o serviço porém dão como prazo de entrega até 2 anos para finalização do projeto, algumas por causa de uma imensa fila de espera e outras pela dificuldade do carro a ser restaurado. Normalmente carros nacionais o tempo de restauração é bem menor, você caro leitor que comprou o Fusca não como meio de transporte principal, mas sim como um veículo de coleção ou para resgatar uma história dos bons tempos que não acontecem mais…

Vou listar abaixo algumas verdades sobre o Fusca nos tempos de Hoje.

  • Grande parte da sua família discordou de você desde o início
  • Metade dos seus amigos falaram que você é louco
  • Sua esposa/noiva/namorada disse que você ficou louco
  • Grande parte dos seus amigos querem que você equipe o Fusca com o que tem de melhor dos tempos modernos
  • As pessoas menos entendidas vão perguntar se o carro gasta muita Gasolina
  • Os vigias da sua conta bancária irão perguntar se o carro foi caro (mesmo sabendo que é um Fusca)
  • Os mesmos vigias da sua conta bancária irão reclamar como se fossem sua mãe, falando que Fusca = Despesa Desnecessária
  • Seus irmãos/irmãs ficarão com vergonha de trazer amigos para dentro de casa, porque terão que passar pela garagem

Parabéns, este blog foi feito para você… se você ouviu pelo menos 3 dos itens listados acima e você realmente comprou o Fusca, poderá continuar lendo este blog sem dor na consciência.

  • Você perderá ao menos 1 dia do seu almoço para pegar uma fila no cartório, para reconhecer firma (assinatura) de declarações do registro do motor
  • Você descobrirá que utilizar os serviços de despachantes são bem mais fáceis do que o seu
  • Quando você for no Denatran/Ciretran para troca de placa, o fiscal irá encontrar defeitos por todo o carro
  • O carro irá queimar no mínimo 2 lâmpadas na primeira vistoria do fiscal do Denatran/Ciretran
  • Você não saberá por onde começar, acha que o motor está bom e ele derruba mais óleo do que uma criança derruba leite sobre a mesa
  • Você acha que a funilaria está boa, até o momento em que você mesmo lava o carro
  • Você acha que os freios e os pneus foram revisados pelo último dono, até dia da primeira chuva
  • Você não sabe para onde levar o seu carro, existem inúmeros funileiros, mecânicos espalhados e você acha que no final todos irão entupir o carro de óleo e massa para se desfazer de um pobre coitado que comprou o Fusca
  • Encontrará oficinas de restauração que irão desprezar o seu carro porque ele é Fusca
  • Encontrará oficinas de restauração que aceitarão reformar o seu carro, mas logo irão informar que o preço começa em 20mil reais
  • Saberá que no trânsito ninguém respeita Fusca…. a seta e o farol do carro são itens decorativos
  • Ninguém aceita ser ultrapassado por Fusca, logo se você está com um modelo 1500 sozinho na subida, você perde o direito de ultrapassar o Palio 1.0 com 5 pessoas dentro dele.

Depois de restaurado

  • Sua família vai querer dar uma volta no carro nos Domingos de sol
  • Seus amigos irão querer ver e andar no carro
  • Em todos os faróis que você parar ao menos 1 pessoa irá olhar para carro com inveja
  • Pelo menos 1 vez por mês alguém irá puxar assunto com você sobre o seu Fusca
  • Pelo menos 1 vez por semestre alguém irá querer comprar
  • Ouvirá de todas as formas possíveis que restaurar um Fusca é fácil  barato
  • Ouvirá de um monte de gente que o seu carro é só mais um Fusca
  • Amigos seus irão pedir o carro emprestado para levar  a noiva no casamento
  • Fusca não se vende, quem tem um hoje não terá a mesma oportunidade de ter quando os seus filhos ficarem velhos
  • Fusca não tem valor financeiro, apenas emocional, sair com o carro em dia de Sol, depois de lavado é uma emoção única

Fusca fica bem no estilo Clássico, se você é adepto do Tuning esqueça, se você gosta de pequenas mudanças (rodas, pintura moderna) terá o seu espaço.

Lembre-se que… não é um esportivo, não adianta achar que o Fusca vai andar como o Herbie do Filme da Disney porque o legal é andar curtindo o lugar.

Jamais pense nisso

Pense em algo assim

Até o final deste ano estarei postando algumas indicações de lugares de onde levar o seu Fusquinha, Fuscão, Super Fuscão, Bezouro ou simplesmente Fusca

Aproveite e leita também as Curiosidades do Fusca AQUI.

Obrigado